quarta-feira, 8 de julho de 2015

Eu espero a minha vez...

E se...
Se tudo que eu tenho passado seja o lado avesso da minha vida?
Se eu mesma coloquei-a desta forma e só preciso encontrar um método de fazê-la voltar ao normal?
Se for uma fase difícil, pra que eu vença e seja feliz?
Se eu estiver numa fila para o topo, e minha ficha for a número 1487 e a chamada ainda estiver na 19
Eu ainda assim, espero a minha vez?

Sim, tenho tido vontade de desistir por inúmeras vezes, já desanimei e reanimei outras milhares, ainda assim, vejo meus sonhos tão distantes de mim e neste momento várias canções vem em minha mente, uma alegre me diz "don't worry, baby, don't worry!", outras nem tão felizes fazem às vezes me comparar com o "Maior idiota do mundo" e eu me pergunto, "falta muito pra acabar a parte ruim?", sinceramente, eu espero que não!

Tentar fugir do mundo não é a solução, embora muitas vezes dê vontade de correr...
Esconder o medo e sorrir pode enganar aos outros, mas não vai ajudar...

E eu tento não me privar de sonhar, porque o ato é magnífico e ninguém além de mim mesma pode retirá-lo de mim, e, nos meus sonhos a minha vez chega... Enquanto sonho, vivo em crise, em guerra, entre espinhos e frustrações, dores e perdas, mas acreditando que vai valer a pena, minha vez chegará...
(enquanto isso, sobretudo)

... Eu espero a minha vez!

3 comentários:

  1. queria eu ter esse dom de escrever tão bem <3

    ResponderExcluir
  2. Que lindo! Força que você vai sair dessa :)

    ResponderExcluir
  3. Vamos todos sair dessa! (yn) Eu espero a minha veez...

    ResponderExcluir