segunda-feira, 22 de julho de 2013

Ah, o amor.




Amor é estranho, nos faz bobos, nos faz insanos.
Amor nasce dentro da gente, humano, sobrenatural.
Amor, quando verdadeiro não chega ao fim,
e não apenas se ama, por Eros.
Quando se é Philos, às vezes, Eros se apressa em entrar
e fazer dali um casal.
Às vezes Philos é tão forte que se torna praticamente Storge.
Storge é família, é irmandade.
Storge jamais abandona.
Tantos amigos se tornam irmãos, nos tempos de angústia,
Todo namoro que dá certo começa em amizade,
Na verdade, todo relacionamento das pessoas deveria ser baseado nisso:

AMOR, AMOR, AMOR.

Pois o mesmo nasce, cresce e, creia, quanto mais se divide, maior fica.
Quanto mais se ama, mais se tem amor pra dar...
E, pra dá-lo, que seja de forma real.

Pra o amor ser real, você precisa tira-lo de dentro de você
e entrega-lo a alguém.

Amor de verdade vale a pena, por isso ame, ame e ame sem medidas.

2 comentários:

  1. Entregar-se isso sim é amor. Adorei sua visita em meu blog. Obrigada! Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Toca o coraçao seus textos

    ResponderExcluir